domingo, dezembro 02, 2001


Não mais diga que sem eles não vivemos.
Sempre iríamos ter uma vida sem eles.
Eles é que não existiriam sem nós.

Como sempre foi,
como sempore será.

Para alguns é outra.
Para mim é a realidade.

Nunca de poder e dinheiro sem antes cultura e capacidade para algo.
Todos sem cultura e com poder perderam-se na vida, se não antes depois.

Alguns querem me contrariar nesta tese. Só que não apresentam outras razões, apenas são contra por ser contra "idéia do Paulo".

Vamos tentar mudar. Se os que já estão perdidos não possuem solução, vamos procurar os menores e tentar dar alguma aula.

Certas pessoas não aceitam.
Querm que o bonde desce como está. Sem freios.

É o de menos, há muita água para ser usada.
O Rio, não é apenas de praias, tem um povo

.... ......